Animações que fizeram bonito em 2016

Em 2016, as animações fizeram bonito nas telonas. Mostrando que além de serem produções rentáveis, este gênero não é exclusivamente para crianças, alguns longas animados marcaram o cinema do ano que está prestes a acabar.

E para provar que as animações conquistaram mesmo um lugar no mundo na sétima arte, o Minuto Livre fez uma lista de 4 filmes deste gênero que fizeram 2016 mais prazeroso.

Confira os escolhidos:

“Zootopia – Essa Cidade é o Bicho”

A qualidade do filme da Disney que trata de preconceitos para mandar mensagem sobre intolerância é quase indiscutível entre a crítica. Com 98% de aprovação no Rotten Tomatoes, a trama com certeza tem chance de levar a estatueta de Melhor Animação no Oscar 2017.

O filme acompanha Judy Hopps, uma pequena coelha com um grande sonho: se mudar para a cidade grande onde todas as espécies de animais convivem em harmonia, na intenção de se tornar a primeira coelha policial. Enfrentando preconceitos, Judy acaba contando com a ajuda inesperada da raposa Nick Wilde, conhecida por sua malícia e suas infrações. A inesperada dupla se dedica à busca de um animal desaparecido, descobrindo uma conspiração que afeta toda a cidade.

“Kubo e as Cordas Mágicas”

Se as animações foram bem representadas este ano, sem dúvidas a história do menino Kubo deu uma força. Durante o desenrolar da trama, o público é apresentado a um enredo foda excelente, que mistura stop-motion, Japão e magia. Com certeza, o desenho traz a marca e a qualidade do estúdio Laika.

Contando com a direção de Travis Knight, o longa acompanha Kubo, uma garoto que vive uma vida tranquila até que um espírito vingativo fazer com que monstros e deuses passem a perseguí-lo. Para sobreviver, Kubo precisa encontrar uma armadura mágica que foi usada pelo seu falecido pai, um lendário guerreiro samurai.

“Cegonhas: A História Que Não Te Contaram”

A premissa é simples (e todo mundo já sabe) os bebês são trazidos pelas cegonhas. E assim nos mostra esse ótimo filme. Com uma boa dose de humor, o espectador conhece a mega estrutura por trás da fábrica de bebês. Na verdade, as cegonhas controlam um grande empreendimento que enfrenta dificuldades para coordenar todas as entregas nos horários e locais certos. Valeu nosso ingresso.

“Kimi no na wa”

Só por “Kimi no na wa” (“Your Name”) ter marcado presença na lista que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou com os 27 filmes que disputam uma indicação ao Oscar de Melhor Animação já dá para perceber a qualidade do filme.

A excelente animação japonesa é sobre Mitsuha Miyamizu, uma jovem que mora no interior do Japão e que deseja deixar sua pequena cidade para trás para tentar a sorte em Tóquio. Enquanto isso, Taki Tachibana, um jovem que trabalha em um restaurante italiano em Tóquio, deseja largar o seu emprego para tentar se tornar um arquiteto. Os dois não se conhecem, mas estão direta e misteriosamente conectados pelas imagens de seus sonhos.

O Minuto Livre sabe que o cinema em 2016 contou com muitas outras histórias em desenho, como a de uma peixinha esquecida numa busca por sua família em “Procurando Dory”, mas apenas essas 4 foram escolhidas para representar este gênero que encanta cada vez mais gente, por apresentar produções inteligentes e bem feitas.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...