Clique de Ouro: vote e eleja os melhores de 2016

O ano de 2016 foi de semear o futuro, apesar de intensas turbulências. Nas arenas, os duelos foram inesquecíveis, com medalhas inéditas, jogos cheios de alegria, superação e sorrisos. Na política, tivemos uma verdadeira dança das cadeiras no poder, enquanto a nação agonizava com tantas denúncias de malfeitos dos ditos representantes do povo. Na área econômica, a busca foi pela saída. Pelo mundo, sustos, flagrantes inacreditáveis, novos solteiros no universo dos famosos, a solidariedade, a mácula da violência e do terrorismo que geraram dor e deixaram um povo sem rumo. Nos Estados Unidos, os eleitores votaram no imponderável, enquanto a Europa se jogava numa onda de desunião. Tivemos descobertas pelo espaço e uma terra sem chão. Ufa! Foi o ano das transformações, das surpresas, da esperança, dos escândalos e também da dor.

Os mais diversos acontecimentos trouxeram consequências em todas as áreas. Na televisão brasileira, o entretenimento precisou se atentar a sensibilidade dos telespectadores. A missão do jornalismo foi moldar o Brasil e o mundo sem forma no formato cronometrado.

O que dizer do ano sonoro feminino? Da revelação Marília Mendonça pelo Brasil à irreverência de Karol Conká para o mundo, as paradas foram dominadas por infidelidade, com orçamento avaliado em 50 reais, além de bumbuns e granadas.

No cinema, a bilheteria foi recorde. Com mais de 11 bilhões de dólares arrecadados, equivalente ao valor do PIB do Sudão do Sul, o mercado americano comemora um ano lucrativo e de poucos fracassos. Ainda há muito o que fazer em relação a qualidade daqueles filmes produzidos para encher os bolsos dos executivos, mas a conclusão é de que estamos no caminho certo. Quanto ao mercado latino, principalmente o brasileiro, 2016 foi aquele que trouxe um grande amadurecimento em qualidade e temas trabalhados, desde “Aquarius” até dramas pesados como “Canção da Volta”. Essa lista também reconhece o trabalho de grandes cineastas que tornaram a sétima arte do Brasil ainda melhor nesse ano que passou.

Celebrando a nova “Era de Ouro”, a televisão internacional trouxe grandes sucessos ao mundo em 2016 – “Game of Thrones”, “Westworld”, “The Crown”, “Deutschland 83” e entre outros. Tais produções servem para mostrar o quão espetacular, produtivo e lucrativo o mercado televisivo se tornou nesse ano que acabou. Muito mais do que efeitos especiais, atores bonitos e diretores famosos, a televisão ensinou ao telespectador que ele pode assistir o que desejar nas mais diversas plataformas existentes, desde as usuais até os serviços de streaming.

Encerrado o ciclo, da vida real para a história, nós do Minuto Livre nos unimos ao Registro POP na busca pelo melhores do ano em quatro categorias (Televisão Nacional, Música, Cinema e Televisão Internacional) e 44 sub-categorias. É o CLIQUE DE OURO.

O resultado oficialmente será divulgado a partir de 06 de março.

Escolha os melhores de 2016:

Televisão


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 

Música


 


 


 





Cinema

 


 


 


 


 


 

Televisão internacional

 


 


 


você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...