Deputado federal declara que Disney apoia o “gayismo” e Mickey é homossexual

Na última semana o deputado federal Victório Galli (PSC-MT) compartilhou em sua página do Facebook uma ilustração em que retrata o Jesus “protegendo” uma criança do Mickey Mouse.

Alguns dias depois, em entrevista, o deputado explicou seu posicionamento sobre o canal. “Em relação a essa situação do Mickey e da Disney, a gente vê que em todas as suas atuações, eles fazem apologia ao homossexualismo. Inclusive o Mickey, se você fizer um estudo profundo como eu já fiz, ele é homossexual. As pessoas estão enganadas com essa mensagem subliminar que a Disney está passando para a sociedade, principalmente às nossas crianças”, disse ele a um jornalista da rádio Capital de Cuiabá (MT).

O jornalista então questionou como o Mickey pode ser homossexual, se em tese ele namora a personagem Minnie. “Isso é o que eles fazem para enganar a pessoa. O objetivo é destruir famílias”, disse. E continuou: “O próprio nome dele em relação aos exemplos que fazem, as cores, assim por diante, você vê uma mensagem subliminar que ele está fazendo uma apologia e apoiando a questão gay”, declarou.

E ainda explica mais profundamente o motivo dessa opinião. “Eu não tenho aqui em mãos, como passar os pontos nesse sentido. Mas a mensagem, a forma como se coloca, de transmitir a linguagem para nossas crianças, tudo leva nesse sentido”, detalha.

Segundo ele, Mickey não é o único personagem gay do canal, que recentemente se envolveu em polemica com o pastor Silas Malafaia. “Infelizmente outro filme em que os personagens transmitem mensagem em relação ao homossexualismo é aquele desenho animado do leão, o Rei Leão.  Na realidade é outra mensagem que transmite a apologia ao ‘gayismo’. É na questão que o rei leão deveria ser um animal feroz, de transmitir respeito aos outros animais, ele se torna um animalzinho frágil, que carece de proteção dos outros”.

Imagem compartilhada pelo deputado em seu perfil.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...