Katy Perry e Gigi Hadid têm vistos nagados e são proibidas de entrarem na China

A cantora Katy Perry e a modela Gigi Hadid não estarão no  Victoria’s Secret em Xangai, na China. Segundo informa o site PageSix, Katy e Gigi tiveram os vistos recusados pelas autoridades chinesas. De acordo com fontes, a cantora havia sido avisada que teria o visto aceito novamente.

A decisão aparentemente foi revertida depois que o governo apanhou um incidente polêmico a partir de 2015, no qual Perry usava um vestido brilhante com girassóis durante uma performance em Taipei , a capital de Taiwan. Sua roupa terminou causando uma indignação generalizada porque o girassol foi adotado no ano anterior por manifestantes anti-China.

Para levar seu ponto de partida para casa, Perry também acenou uma bandeira taiwanesa durante o concerto em um show de apoio para o país, que tem cumprido as lideranças com a China há anos sobre sua independência.

Imagem relacionada

“Para todo artista que quer se apresentar na China, os oficiais fazem uma verdadeira varredura nas redes sociais e na imprensa para ver se eles fizeram algo ofensivo para os chineses”, afirmou a fonte, que usou o Maroon 5 como exemplo. “A banda foi banida há alguns anos, porque um integrante desejou feliz aniversário ao Dalai Lama no Twitter”, explicou. Katy será substituída por  Harry Styles.

Apesar de não explicar o motivo da ausência, Gigi Hadid usou as redes sociais para fazer o anúncio nesta quinta-feira (16) que não estará no evento. “Estou tão chateada por não conseguirei estar na China neste ano. Eu amo a minha família VS (Victoria’s Secret), e estarei com todas as minhas meninas em espírito! Não vejo a hora de me reunir com os amigos para ver o lindo show, que eu sei que será. Mal posso esperar pelo próximo ano!”, escreveu.

Hadid foi banido por causa de um vídeo de Instagram de fevereiro – no qual ela ergueu um biscoito em forma de Buda e imitava a figura religiosa entrebotando os olhos.

O vídeo foi publicado pela irmã da modelo, Bella, em fevereiro e depois eliminado após uma tempestade de críticas. Os usuários da mídia social chinesa alertaram-na para não vir a Xangai, chamando-a de racista.

Veja o vídeo:

Outras modelos também tiveram o visto recusado: Julia BelyakovaKate Grigorieva Irina Sharipova. A brasileira Adriana Lima teve o visto negado por causa de um “problema diplomático” em andamento.

 

 

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...