Klara Castanho conta que já sofreu ataques na Internet: “Eu não entendia”

Klara Castanho, atriz que viveu uma adolescente no filme “É fada”, acaba de rodar o longa “Chocante”, de João Araujo, com lançamento previsto para 2017. Na história, ela vive Dora, filha de Téo (Bruno Mazzeo).

Em entrevista dada ao site O Globo, a atriz contou um pouco do longa: “É a história de uma banda dos anos 1990 que acaba se separando e da qual Téo faz parte. Depois de 20 anos, os integrantes resolvem se juntar novamente. Dora incentiva muito isso. Ela é uma menina determinada, carinhosa e muito parceira do pai.”

Longe da TV desde a novela “Além do tempo”, Klara já sofreu ataque nas redes sociais. “Elas têm dois lados. Um é que nos ajudam muito, a saber, a opinião das pessoas. Ao mesmo tempo, todos podem escrever o que quiserem. É preciso ter filtro, ver o que é bom ou ruim. Sempre tive ajuda dos meus pais para isso. Eu, por exemplo, tinha os dentes tortos e as pessoas falavam o que bem entendiam. Eu cuidava, usava aparelho móvel, mas precisava parar um tempo para usar o fixo. Consegui isso há dois anos. Meus pais tiveram que me afastar das redes sociais, pois eu não entendia porque as pessoas estavam sendo tão maldosas. Eles conversaram comigo e disseram que seria o melhor para mim naquele momento”, confessou.

Ela que no próximo ano começará a cursar o terceiro ano do Ensino Médio, conta que aprendeu a lidar com todo tipo de comentário: “Se for uma crítica construtiva, vejo o que posso melhorar. Se for algo que vai me fazer mal e não mudará nada para mim, simplesmente ignoro. Tem muita gente que gosta de comentar para causar polêmica. É só deixar para lá. Tenho sorte porque a maioria das pessoas no Instagram gosta do meu trabalho”, finalizou.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...