Mr. Catra dispara: “Ciúme é coisa de mulher pobre, mulher rica compartilha”

Neste sábado, dia 11/11, Mr. Catra é o convidado de Faa Morena no palco do Ritmo Brasil. O funkeiro relembra momentos da carreira e comenta a curiosa relação com as atuais três mulheres. “Eu não corto as unhas do pé e não tomo banho sozinho. Elas escolhem minha roupa e eu saio do jeito que elas me vestem”, diz ele, negando que haja ciúme por parte das companheiras. “Não tem como elas se darem mal se elas gostam da mesma coisa. Ciúme é coisa de mulher pobre, mulher rica compartilha”, diverte-se.

Formado em Direito, ele explica por que não exerceu a profissão e revela que, embora tenha feito sucesso no funk, começou na década de 1980 com o rock, ritmo que está prestes a ser retomado pelo cantor: “Sou roqueiro. Tenho uma banda de rock, vamos lançar um projeto agora e é meio pesado, um heavy metal”. Ainda sobre os planos, ele fala sobre a fundação de A Fabrika, um projeto que pretende revelar novos talentos do funk, e apresenta um dos MCs formados através da iniciativa, o MC KS.

O cantor também comenta o preconceito sofrido pelo funk: “A gente sonha tanto em ter um reconhecimento, em ter nossa cultura, nossa liberdade. Eu particularmente tive muita privação cultural e ela é a pior privação que pode ter porque castra sua felicidade. Graças a Deus os novos funkeiros não passaram por isso. Mesmo hoje tendo muita discriminação, já foi pior e foi uma fase bem difícil”.

Ainda na atração, a apresentadora recebe em seu sofá os músicos Márcio Gomes e Eric Silver.

E tudo isso você pode conferir a partir das 14h00, na RedeTV!

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...