A Noiva – Será que vale a pena?

No final do século XIX, um homem inconformado com a morte de sua noiva leva ao extremo a tradição de fotografar os mortos. No presente, uma jovem apaixonada visita família do noivo numa antiga propriedade rural. As estranhas tradições da família se revelarão muito mais assustadoras do ela esperava. A premissa pode parecer tão interessante quanto o trailer, mas de bons trailers para filmes ruins a história está cheia. Fica então a pergunta: será que “A Noiva” vale a pena?

A beleza da Noiva

O que mais chama atenção no filme é, definitivamente, a direção de fotografia. Afinal, seria estranho um filme que começa com fotografias derrapar na iluminação e nos ajustes da câmera, não é?

Obviamente, uma fotografia primorosa com figurinos e cenários ruins não valeria de muita coisa. Nesse sentido, “A Noiva” funciona bem, apoiado por alguns planos e movimentos de câmera interessantes, mérito do diretor. Há, principalmente no começo do filme, alguns momentos que exploram o terror de modo inovador e muito eficiente. As interpretações parecem consistentes, com algumas performances que agradam, mas infelizmente, as qualidades do filme se limitam a isso.

Os horrores da Noiva

Infelizmente, os horrores do filme não se limitam aos sustos. A primeira derrapada é o fato de não apresentarem o filme no original russo. E a dublagem em inglês é tão medonha que rende momentos pra lá de risíveis.

Complete isso com um uso medíocre da trilha sonora, que torna momentos que poderiam ser elegantes em verdadeiros dramalhões. No entanto, o que realmente estraga o filme é o roteiro. Seja na profusão de furos, na construção pouco crível dos personagens, ou nas mil maneiras de os mesmos encerrarem a história, o filme beira o revoltante. Ou o ridículo, com cenas de um machismo indesculpável.

“A Noiva” estreia hoje, 2 de novembro, nos cinemas brasileiros. Para o púbico em geral, ele vale pouco a pena. Para o pessoal da área de cinema, entretanto, pode ser um interessante atestado de como imagens bonitas são insuficientes para fazer um bom filme.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...