Patricia Abravanel é citada no “Jornal Hoje”, por tentar anular parte da delação de executivo da J&F

As apresentadoras do SBTPatrícia Abravanel e Ticiana Villas Boas foram citadas no “Jornal Hoje”, na edição desta sexta-feira (11).

A apresentadora foi citada em um trecho da delação premiada de Ricardo Saud, em que o executivo da empresa diz que ela participou de um jantar que tratou de acerto de propina, juntamente com o marido, o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN), e o governador do Rio Grande do Norte, Robson Faria (PSD).

Saud disse que o jantar da negociação da propina foi muito chique e que contou com as esposas de todos os políticos e empresários envolvidos, incluindo Patrícia Abravanel e Ticiana Villas Boas. Foi Joesley Batista, que delatou até o presidente da República, Michel Temer, quem organizou todo o jantar. O objetivo do empresário era adquirir concessões de esgoto e água no estado, pois ele estava ampliando a JBS para a região.

Patrícia vai tentar anular na justiça parte da delação, onde Ricardo afirma havia liberado propina ao marido da apresentadora.

A filha de Silvio Santos entrou com um processo de indenização por danos morais pedindo R$ 300 mil alegando que o depoimento é calunioso, e causou danos à sua honra e dignidade. Como prova, ela apresentou um áudio enviado à ela por Ticiana Villas Boas:

“Oi Pati, sou eu, Tici. Tô ligando pra você mandando essa mensagem pra falar do meu apoio. Então, o que eu quero falar é que eu acho um absurdo isso tudo… que tá acontecendo. Aquele jantar, imagina só, não tem nada a ver do que falaram, foi um jantar normal, eu não vi nada de dinheiro, ou que pudesse ser ilícito. Se você for chamada pra depor, ou tiver qualquer tipo de implicação para você, eu vou ser sua testemunha de defesa e vou deixar claramente que é um absurdo”, diz Ticiana no áudio, em apoio à amiga e colega de emissora.

O advogado de Patrícia Abravanel afirmou que o áudio de Ticiana invalidaria o depoimento de Ricardo, por ela ser esposa do maior acionista do grupo JBS. Em comunicado, a J&F afirmou que nenhum dos seus colaboradores mentiu e que o fato relatado ocorreu sem a participação das esposas.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...