Pedro Bial surpreende Renato Aragão ao afirmou que não gostou da releitura de “Os Trapalhões”

Quem assistiu o “Conversa com Bial” na madrugada de quinta (07) para sexta (08), conferiu a entrevista com Renato Aragão.

Segundo informações do RD1, o eterno “Didi” se emocionou ao lembrar de momentos de sua carreira. E também ficou surpreso na fala do apresentador sobre a releitura de “Os Trapalhões”, que estreia na TV Globo no próximo dia 17.

Eu confesso que gelei, não gostei da ideia quando me falaram que ia fazer uma homenagem. Depois eu me acalmei quando falaram que não eram um remake, uma imitação, mas que iam fazer de novo os Trapalhões, ou os filhos dos Trapalhões. Os Trapalhões eram a expressão de uma época, que se foi, que acabou. Por exemplo, o humor que os Trapalhões praticavam, hoje não seria possível. Vocês seriam chamado de homofóbicos, preconceituosos“, afirmou o jornalista.

“A gente não fazia isso para ofender, a gente era palhaço. Eram coisas para agradar. Ninguém nunca tentou ofender quem quer que seja. Os Trapalhões são insubstituíveis, não existem. Ninguém pode ser Zacarias. Essa turma nova são imitadores dos Trapalhões, Mussum, Zacarias, Didi e Dedé”, disse o comediante.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...