Segundo primo de George Michael, cantor foi vítima de overdose

A morte do cantor George Michael, que ocorreu no dia 25 de dezembro do ano passado, ainda está cercada de mistérios. A policia encerrou o caso como “inconclusivo”, mas segundo o primo do cantor,em entrevista ao programa de Victoria Derbyshire da “BBC”, George morreu após uma overdose de drogas. Andros Georgiou declarou que ainda acompanhou Michael e ele havia voltado a consumir “drogas pesadas”, no final de sua vida.

“Apenas acho que ele consumiu muito de alguma coisa, misturou com antidepressivos ou outras drogas que tinham álcool. Penso que o coração dele deixou de bater”, declarou o jovem, acrescentando que cocaína e crack eram as substancias mais usadas pelo artista.

Seu primo Andros defende que o músico não se suicidou. “Acho que ele pode ter pensado em suicídio, porque a sua doença mental estava em todo lugar. Mas não acredito que tenha mesmo se matado”, finalizou ele durante o programa.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...