Stan Lee é acusado de assédio sexual por enfermeiras que cuidavam dele

Aqui vamos nós para mais uma denúncia de assédio sexual em Hollywood. Nesta terça-feira (09), o Daily Mail relatou que o quadrinista Stan Lee foi acusado de apalpar sem consentimento as enfermeiras contratadas para cuidar dele em sua mansão em Hollywood Hills.

Segundo a publicação, a empresa responsável pelas profissionais teria recebido diversas reclamações sobre o comportamento abusivo do criador da Marvel. Lee, de 95 anos, ainda é acusado de andar nu pela casa e pedir que as mulheres fizessem sexo oral nele.

“Stan é um homem velho que aparentemente perdeu o juízo“, disse uma fonte do Daily Mail. “Ele não parece se importar com o que as pessoas pensam dele, ele perdeu seu filtro. Houve um fluxo de jovens enfermeiras que foram à sua casa em West Hollywood e ele as perseguiu sexualmente. Ele acha engraçado. Ele anda pela casa nu, é vulgar em relação às mulheres, pede sexo oral no banho e quer que elas lhe deem prazer em seu quarto“, acrescentou.

De acordo com o site, o advogado de Stan Lee “nega categoricamente as acusações falsas e desprezíveis” e diz que ele pretende limpar seu “bom nome estelar“, acrescentando que as alegações são parte de uma tentativa de extorsão. Até agora, nenhuma queixa policial foi feita e nenhum processo judicial foi protocolado.

Um representante da empresa de enfermagem confirmou que a proprietária havia recebido diversas reclamações de enfermeiras que trabalhavam na casa de Lee e que ela havia se queixado diretamente com o escritor.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...