Após pressão, Abel Braga decide deixar o Flamengo

Agora é oficial: O treinador Abel Braga não é mais técnico do Flamengo. Mais cedo já havia uma movimentação que indicava a saída do técnico do cargo, após se sentir isolado no clube pela diretoria, que não aceitou a possível escalação de um time reserva do Flamengo contra o Fortaleza, no jogo do próximo sábado, pela sétima rodada do Brasileirão.

Segundo informações do setorista Cahê Mota, Abel anunciou a sua demissão do cargo na manhã desta quarta-feira, quando conversou, por telefone, com a alta cúpula do time carioca. Porém, nada foi tratado como oficial até o treinador se encontrar pessoalmente com o presidente Rodolfo Landim e os jogadores do rubro-negro carioca agora à tarde.

Os atletas foram pegos de surpresa com o pedido da saída de Abel, e todos fizeram questão de salientar o carinho que sentem pelo treinador, sentimento que ficou claro na partida contra o Athlético Paranaense, no domingo passado, dia 26, quando o Mengo venceu de virada por 3 a 2, mesmo com a torcida em peso pedindo a saída do técnico.

Com a saída de Abel Braga, vão com ele os auxiliares Leomir e Fabio Moreno. Após passagem pelo Flamengo em 2004, o treinador retornou ao clube no início do ano. No comando, Abel fez 32 jogos, com 19 vitórias, oito empates e cinco derrotas. Saldo de 59 gols marcados e 29 sofridos. Sai com conquistas da Florida Cup, a Taça Rio, Campeonato Carioca, a vaga nas oitavas de final na Libertadores e o sexto lugar no Brasileirão.

Ao que tudo indica, o preferido da diretoria para a vaga de técnico é o português Jorge Jesus, campeão pelo Benfica e Sporting. O clube já começou os contatos.

Cláudio Augusto

Sobre Cláudio Augusto

Me chamo Claudio Augusto, tenho 22 anos e sou jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pelos laboratórios de programas da Rádio Universitária da UFG e estágio na editoria do programa Jornal do Campo, da TV Anhanguera de Goiânia.

Ver todas as mensagens de Cláudio Augusto →

Deixe uma resposta