Bolsonaro assina medida que cria 13º salário para o Bolsa família e sera pago ainda este ano, saiba mais


O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (15) a Medida Provisória que estabelece o 13° salário para beneficiários do programa Bolsa Família. O programa acolhe famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza, que agora vão passar a receber mais uma parcela do benefício, cerca de R$190 (R$189,21).

Quase 13,5 milhões de famílias vão ser beneficiadas e o custo será em torno de R$ 2,5 bilhões. O benefício foi um compromisso de Jair Bolsonaro em sua campanha e já começará a ser pago este ano. O pagamento será feito no mês de dezembro.

Em discurso, Bolsonaro afirmou que o 13º salário pode até ser pouco para quem recebe, mas o dinheiro é bem-vindo a quem necessita dele. Ele disse que a ideia de criar um abono natalino no programa surgiu a partir da fala da oposição na campanha eleitoral de que Bolsonaro acabaria com o Bolsa Família se eleito.

“Uma grande conquista dessas pessoas que tanto necessitam e ficaram esquecidas por muito tempo”, falou, sem antes evidenciar que o melhor programa social é o que mais saem pessoas por terem melhorado de vida.

Segundo o Ministério da Cidadania, o governo também está intimando mais de 5 mil ex-beneficiários do programa que teriam recebido recursos irregularmente. O governo cobra, no total, 5,8 milhões de reais dessas pessoas.