Como consultar seu nome no Serasa? Aprenda e consulte em casa




Hoje em dia com o advento das tecnologias fazer qualquer coisa que antes era relativamente burocrática se tornou bem mais fácil, antes, abrir uma conta em um banco demorava horas e isso se não houvesse filas enormes, assinatura de papéis e mais papéis, perguntas e respostas, preenchimento de formulários e etc.

Agora, graças às inovações temos muito mais facilidade para realizar pagamentos, pedir comida, pedir um transporte e abrir conta em um banco, tudo isso pode ser feito na maior parte das vezes em um clique através do download de aplicativos que permitiram nossa vida mais cômoda e otimizada.

Se você apesar de conhecer muitos dos aplicativos que fazem pedidos por você ou te ajudam com a previsão do tempo certamente deveria conhecer também o sistema do Serasa que te ajuda com uma das coisas mais importantes da sua vida: as finanças. Não queremos dizer que dinheiro traz felicidade, longe disso, mas ter nome sujo ou não ter dinheiro também não traz lá muita positividade, concorda?

Portanto, para saber se seu nome está sujo ou com pendências, basta também um clique, é só você acessar o link:

https://www.serasaconsumidor.com.br/ e seguir o nosso passo a passo; confira.

  • Acesse o link
  • Clique na opção “Consultar dívidas”
  • Digite seu CPF no quadro que vai aparecer e em seguida sua senha (caso não tenha cadastro opte por cadastrar-se com algumas das duas opções que aparecem, Facebook ou Google).
  • Logo após efetivar seu login você terá acesso ao seu painel com informações detalhadas sobre pendências de contas, ofertas de renegociação e seu score de crédito.

Recomenda-se que as consultas ao painel sejam frequentes, pois lá também é possível ter acesso à informações importantes sobre educação financeira e pendências e cobranças em seu nome que muitas vezes são feitas por terceiros que usam seu CPF, recentemente, muitos casos relacionados a cobranças indevidas de empresas de telefonia e Tv a cabo surgiram, estar atento aos casos de fraudes.

Fonte: Exame