Destaque Wesley Nolasco

Cunhado do rei da Espanha é preso por corrupção

Cunhado do rei da Espanha é preso por corrupção

Nesta segunda-feira (18), Iñaki Urdangarin, cunhado do rei da Espanha, foi preso após ser condenado a quase seis anos de detenção por corrupção. Com a prisão de Urdangarin encerra uma saga que chegou a desestabilizar a monarquia. O marido da infanta Cristina de Borbón, irmã do rei Felipe VI, entrou na penitenciária de Brieva, a 108 km de Madrid, pouco depois das 8h locais.

Ele é o único homem nesta prisão para mulheres, com capacidade para 162 detentos. Ele ocupará um módulo individual nesta prisão, que ele escolheu, como é habitual em casos de condenados que recebem a pena quando estão em liberdade.

A prisão de Urdangarin encerra uma saga iniciada em 2010, em plena crise econômica, quando foram revelados os primeiros detalhes de um caso que abalou consideravelmente a percepção pública da monarquia espanhola e contribuiu para que o rei Juan Carlos I abdicasse em nome do filho, Felipe, em junho de 2014.

O monarca, no entanto, evitará boa parte da atenção da imprensa nesta segunda-feira, já que ao lado da esposa, a rainha Letizia, está em uma visita aos Estados Unidos, onde será recebido na terça-feira pelo presidente Donald Trump.

Sobre o autor | Website

Instagram: @wesleynolasco1

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.