Celebridades Destaque Música Wesley Nolasco

DJ acusado de abusar de Taylor Swift diz que agora teme mulheres

DJ acusado de abusar de Taylor Swift diz que agora teme mulheres

No ano passado, o tribunal decidiu que David Mueller tinha abusado de Taylor Swift durante um encontro de fãs em 2013. Pelo caso, a cantora pediu US$ 1, em danos, de forma simbólica. Os jurados consideraram que David era culpado e que abusou da cantora ao colocar a mão por baixo do seu vestido e apertar o seu corpo.

Quase 12 meses após o veredito, em entrevista ao Radar Online, Mueller continua a dizer que é inocente e afirma que o incidente “arruinou” a sua vida. Depois do caso, ele foi demitido do seu trabalho como apresentador e DJ de uma rádio do Colorado. Ele afirma que o julgamento o deixou arrasado. “Como ela consegue viver? Ela arruinou a minha vida. Eu não estava pronto para a foto. Admito que foi estranho, mas nunca encostei nela. Não foi isso que aconteceu.”

Resultado de imagem para David Mueller

O apresentador ainda afirma que sempre foi um “cavalheiro” com mulheres e que agora ouve piadas constantemente sobre o acontecido. “Agora tenho medo até de falar com mulheres. Sinto que estou em uma prisão. Não sou mais eu mesmo. Nem chego perto de mulheres.”

 

 

Sobre o autor | Website

Instagram: @wesleynolasco1

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.