Home > Ciência e Tecnologia > “Dual-chip de um chip só” é lançado pela TIM para Iphone

“Dual-chip de um chip só” é lançado pela TIM para Iphone

A TIM iniciou nesta semana, a habilitação de linhas no modelo eSIM para iPhone XR, XS eXS Max. O mecanismo isenta o cartão físico e possibilita cadastrar um segundo número digitalmente, permitindo a função dual-chip no aparelho. Ainda que a tecnologia esteja presente no Apple Watch e no Galaxy Watch, da Samsung, a operadora também irá disponibilizar o serviço exclusivamente para os celulares da Apple.

A operadora vende o eSIM em formato de QR Code em estabelecimentos físicos em 20 estados e no Distrito Federal — a lista completa de lojas pode ser consultada no site oficial. Entre as maiores empresas de telefonia do país, somente a Oi até o momento não apresenta o serviço, já que Claro e Vivo oferecerem o chip virtual desde o primeiro semestre de 2019.

O usuário que pretende acionar uma linha TIM no formato eSIM é preciso ir a uma loja da operadora e obter o produto no formato de QR Code. Obtendo o código, o cliente deve conectar-se ao aplicativo — Ajustes no iPhone para preencher o cadastro: basta ir ao menu “Celular > Adicionar plano Celular”, e acompanhar os passos na tela.

eSIM é comercializado no formato de QR Code — Foto: Divulgação/Tim

O processo remete informações relacionadas à linha diretamente para um chip interno na placa-mãe, encarregando de fazer a comunicação do smartphone com as torres de telefonia. Conforme a operadora, o celular habilitado com eSIM não pode ser desconectado da internet em caso de furto ou roubo, além de impossibilitar a alteração para uma nova linha a fim de dificultar o repasse do aparelho.

O que é eSIM

A tecnologia eSIM (embedded SIM) possibilita habilitar linhas em um chip interno do dispositivo, seja ele um celular ou um relógio. No iPhone, o artifício permite a função dual-chip: um número fica memorizado digitalmente e outro no formato padrão de chip SIM físico. É permitido estabelecer uma linha principal para ligações e SMS, enquanto a outra exerce apenas para acesso à Internet, ou vice-versa.

O eSIM tem o compromisso de facilitar a ativação de celulares, abandonando a troca manual de chip. O desenvolvimento exige somente uma configuração nos ajustes do iOS para inserir um número de telefone, seja ele corporativo ou pessoal. Todo o processo pode ser feito por meio de um QR Code ou app oficial, ambos proporcionados pela empresa de telefonia.

Fonte: techtudo

You may also like
Veja detalhes do primeiro carro elétrico lançado pela Ford: SUV Mustang Mach-E,
Mulher fica cega de um olho após uso prolongado do celular
Com tela de 16 polegadas, Apple anuncia seu novo MacBook Pro, confira
Facebook pode estar monitorando usuários pela câmera de seus celulares sem permissão, entenda como