Música Leandro Mendonça

Em entrevista a Luciana Gimenez, Inri Cristo afirma: “Mandar nudes não é pecado”

Em entrevista a Luciana Gimenez, Inri Cristo afirma: “Mandar nudes não é pecado”

No Luciana By Nitght desta terça-feira, dia 25/07, Luciana Gimenez recebeu o filósofo e líder religioso, Inri Cristo.

Durante entrevista, ele relembra momentos de sua infância em Blumenau (SC) e compartilha com a apresentadora detalhes “pouco compreendidos” por aqueles que ouvem sua história de vida. “Desde pequeno vivo uma vida diferente. Com quatro ou cinco anos, acordava na calada da noite, a parede do meu quarto desaparecia e eu ia ver as coisas que aconteceriam com a humanidade posteriormente”, conta ele, que começou a se tornar conhecido pelo público aos 20 anos.

“Sem tempo para namorar”, ele compartilha a infância e adolescência que teve e os problemas que enfrentou por estar sempre trocando de cidade. “Quando conseguia fazer amizade com alguém, chegava a hora de ir para outro lugar. Namorar requer tempo, é um luxo e eu nunca tive esse tempo”, diz. Atualmente morando em Brasília, local em que chama de “a Nova Jerusalém”, Inri vive uma vida de pregações, espalhando a palavra de Deus e alegando ser “a reencarnação de Jesus Cristo”. Seguindo uma voz poderosa que fala constantemente em sua cabeça, ele diz o que costuma ouvir: “As coisas que eu devo ou não fazer e o que há por vir. São essas as coisas que ela [voz] fala”.

Durante a atração, ele comenta alguns temas que Luciana Gimenez propõe e os classifica como pecado ou não, segundo sua doutrina. Após definir o pecado como “tudo o que você faz de mal a si mesmo ou ao outro” e desaprovar a ‘fofoca’ e a ‘traição virtual’, Inri afirma que enviar nudes está liberado: “Todos nós viemos nus ao mundo, então depende do que você faz com a sua nudez. Mas [mandar nudes] não é pecado”, pontua.

Destaque na imprensa internacional, ele comenta ainda alguns detalhes curiosos de sua vida, como o fato de não usar cuecas, e explica que “recebeu ordem de seu Pai para queimar a última vestimenta profana que até então usava”, passando a não usá-la mais.

Acompanhado de suas discípulas, o líder revela que cada uma delas tem sua própria função. Famosas por suas paródias compartilhadas na internet, elas afirmam que o único objetivo que possuem é “convidar mais pessoas a seguirem Inri, independentemente se cantamos bem ou não”.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.