Destaque Televisão Wesley Nolasco

Especial de fim de ano da Record TV vira caso de policia

Especial de fim de ano da Record TV vira caso de policia

Nesta terça-feira (12), estava acontecendo nos estúdios da RecordTV as gravações do especial de fim de ano, o “Família Record”. Nos bastidores, várias pessoas que ficaria na plateia foram barradas. A Policia Militar foi chamada para a sede da emissora, em São Paulo.

Segundo informações do site Noticias da TV, tudo começou quando a produção do programa decidiu convidar as organizadoras de caravanas para que participassem da plateia, como um presente para elas, responsáveis por levar dezenas de pessoas para os auditórios de Rodrigo Faro, Sabrina Sato, Gugu Liberato, entre outros, todas.

Ainda de acordo com o site, nem todas as caravanas puderam entrar. Aquelas que levam panetone, presentes de fim de ano foram privilegiadas e conseguiram entrar. As que não têm tanta intimidade ficaram de fora.

Revoltadas, as convidadas barradas chamaram a polícia. Houve gritaria, empurrões e ameaças. As prejudicadas cogitam processar a emissora, em especial dois de seus funcionários, a quem acusam de maus-tratos e exposição ao ridículo.

A Record afirmou por meio de sua assessoria de imprensa, que o estúdio no qual o Família Record foi gravado tem 180 lugares e o número de convidados era maior. Por questão de segurança, algumas pessoas ficaram de fora.No entanto, como o especial é gravado em duas partes, é normal que a plateia seja renovada. Assim, as caravanistas barradas poderão acompanhar a segunda gravação.

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.