Destaque ÚLTIMAS Wesley Nolasco

Imperador japonês Akihito cancela atos públicos por sofrer de anemia cerebral

Imperador japonês Akihito cancela atos públicos por sofrer de anemia cerebral

Imperador Akihito de 84 anos, cancelou sua agenda nesta segunda-feira (2) por sofrer de anemia cerebral, anunciou o porta-voz do governo. “Sua Majestade, o imperador Akihito, sentiu-se repentinamente mal, às 4h da manhã (18h de domingo em Brasília), vítima de náuseas, tonturas e uma sudorese excessiva provocados por uma anemia cerebral”, declarou Yoshihide Suga em sua conversa periódica com a imprensa, referindo-se a uma irrigação de sangue insuficiente no cérebro.

Akihito “precisa de descanso”, acrescentou o porta-voz.

Akihito, 125º imperador do Japão, reina desde janeiro de 1989. Deve deixar o cargo em abril do ano que vem, em virtude de uma lei especial que o autoriza a abdicar.

Em agosto de 2016, Akihito fez um pronunciamento pela televisão, no qual compartilhou suas dúvidas em relação à sua capacidade de continuar cumprindo, “de corpo e alma”, as obrigações relacionadas à sua função de “símbolo do povo e da unidade da nação”.

Essa declaração foi então interpretada como um desejo de abdicar a favor de seu primogênito, o príncipe Naruhito, de 58 anos, uma possibilidade que não estava contemplada na legislação sobre a casa imperial.

Por isso, aprovou-se uma lei excepcional que lhe permite abdicar, mas que não se aplicará a seus sucessores.

Sobre o autor | Website

Instagram: @wesleynolasco1

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.