Celebridades Destaque Música Wesley Nolasco

Katy Perry revela que sentiu crises de depressão pelo feedback baixo em relação ao seu último trabalho, “Witness”

Katy Perry revela que sentiu crises de depressão pelo feedback baixo em relação ao seu último trabalho, “Witness”

Katy Perry sempre deixou bem claro que o álbum “Witness” seria uma nova voz em sua carreira, aquela mais real, sincera e sem papas na língua. O lançamento do disco e seus singles foram, no mínimo, um pouco conturbados. Além da pressão da mídia em torno dos hits que não foram conquistados nessa era em comparação a seus últimos discos, o material não vendeu tão bem.

E em entrevista para a VOGUE Austrália, a cantora voltou a falar sobre 2017 como um dos momentos mais conturbados de sua carreira, e a recepção baixa do público de sua arte fez ela até mesmo ter crises de depressão e ansiedade.

“Eu tive crises de depressão situacional e meu coração quebrou no ano passado porque, sem saber, eu coloquei tanta validade na reação do público, e o público não reagiu da maneira que eu esperava… O que partiu meu coração. Música é meu primeiro amor e acho que foi o universo dizendo: ‘Ok, você fala toda essa linguagem sobre auto-amor e autenticidade, mas nós vamos fazer outro teste e tirar qualquer tipo de validação, então veremos o quanto você realmente ama a si mesma.’ Acredito que, essencialmente e metaforicamente, somos todos computadores e, às vezes, adotamos esses vírus por meio de nossos pais ou por meio do cuidado que nos é dado ou não dado ao crescimento. Eles começam a se manifestar em nosso comportamento, em nossos padrões adultos.”

Sobre processo de criação artístico e investimentos em sua arte:

“Eu estava com alguém recentemente que me perguntou: ‘Bem, você não acha que se você fizer terapia demais, isso vai acabar com o seu processo artístico?’ E eu disse a ele: “A maior mentira que já foi dita é que nós, como artistas, temos que sentir dor para criar. Eu gosto do sonho, da fantasia, da criação de um novo mundo. Durante anos, eu estive dizendo: ‘Eu acho que seria muito divertido voar em uma nuvem de algodão doce acima da platéia!’ E minha equipe dirá: ‘Ok, vamos analisar a matemática e ver se é possível’”. Eu gasto muito dinheiro porque quero fazer um ótimo show. Eu entendo que a atenção das crianças se estende hoje em dia: eles estão em seus telefones o dia todo tendo um zilhão de dopamina por segundo, então a ideia de ir a um show de música ao vivo não pode ser assim: ‘É isso?”

Katy ainda revelou que voltou à fé cristã depois que conheceu o papa Francisco. “Agora que estou com 30 anos, é mais sobre espiritualidade e bondade do coração [para mim]. Minha mãe orou por mim a vida toda, esperando que eu voltasse para Deus”.

Ela ainda falou: “Eu gasto muito dinheiro porque quero fazer um ótimo show. Eu entendo que a atenção das crianças se estende hoje em dia: eles estão em seus telefones o dia todo […] então a ideia de ir a um show de música ao vivo não pode ser assim: ‘É isso?'”.

 

Sobre o autor | Website

Instagram: @wesleynolasco1

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.