Lateral direito do Flamengo Rafinha passa por cirurgia bem-sucedida e voltará aos jogos na quinta-feira


A cirurgia para corrigir fratura na face de Rafinha foi feita com êxito na noite desta segunda-feira no Rio de Janeiro. O problema do lateral-direito do Flamengo foi no osso zigomático, também conhecido como “osso da bochecha”. O chefe do Departamento Médico do clube, Márcio Tannure, comunicou que o atleta terá alta nesta terça e voltará a jogar na quinta.

— A cirurgia do atleta Rafinha terminou agora. O procedimento foi bem-sucedido, a fratura foi reduzida, e a gente ficou satisfeito com o resultado. Ele tem alta na terça-feira de manhã, segue em casa até quinta-feira, quando se reapresenta no Centro de Treinamento do Flamengo para iniciar a fisioterapia. Lembrando que a gente não determina prazo de volta, porque cada atleta reage de uma maneira diferente. A gente vai avaliar como ele vai se recuperar e ver a evolução no dia a dia — declarou Tannure.

Ele se lesionou em choque com Rony, do Athletico-PR, ainda no primeiro tempo e foi substituído no intervalo. Augusto César, médico profissional em cirurgias na face, foi o responsável por fazer a avaliação de Rafinha e dirigiu o processo cirúrgico, que estava previsto para começar às 20h. A intenção foi a fixação da fratura.

Não foi preciso usar placa ou parafuso, o que age a favor da recuperação em tempo para dia 23. O Flamengo está confiante, mas só terá possibilidade de saber na quinta-feira, quando o lateral será reavaliado.

Além de Rafinha, o Flamengo perdeu outros dois titulares para o jogo contra o Fortaleza, pelo Brasileiro, nesta quarta-feira, às 20h, no Castelão. Éverton Ribeiro e Bruno Henrique, suspensos por receberem o terceiro cartão amarelo, voltaram ao Rio. O lateral virou preocupação também para o jogo de volta da semifinal da Libertadores, contra o Grêmio, no dia 23 de outubro.

Em contrapartida, o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol voltam a ficar à disposição. Após jogarem na seleção brasileira em amistosos, retornaram ao grupo rubro-negro em Fortaleza.

Fonte: globoesporte