Home > Notícias > Marinha confirma chegada de fragmentos de óleo em praias do Espírito Santo

Marinha confirma chegada de fragmentos de óleo em praias do Espírito Santo

A mancha de óleo que contamina há mais de dois meses o Nordeste brasileiro chegou ao Sudeste. O Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA) informou na noite desta sexta-feira que foram encontrados e coletados pequenos vestígios de óleo na praia de Guriri, no município de São Mateus (ES).

O município é o segundo do Espírito Santo a partir da fronteira com a Bahia; o primeiro é Conceição da Barra.
As amostras da substância foram enviadas para o Instituto de Estudos do Mar (IEAPM), que afirmou ser o mesmo óleo encontrado na região Nordeste.

Uma equipe operacional com 75 Fuzileiros Navais mantém-se em Conceição da Barra e São Mateus, realizando ações de monitoramento, desde terça-feira.

Segundo o grupo, composto pela Marinha do Brasil, Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), as seguintes localidades encontram-se com vestígios de óleo, com ações de limpeza em andamento: Japaratinga, Barra de São Miguel, Jequiá da Praia, Coruripe, Feliz Deserto e Piaçabuçu, em Alagoas; Praia do Viral e Coroa do Meio, em Sergipe; Guriri, no Espírito Santo. Os estados de RN, CE, PB, PE e BA estão com as praias limpas.

De acordo com levantamento feito pelo Ibama, foram contabilizadas, cerca de, 4.300 toneladas de resíduos de óleo retirados das praias nordestinas, até esta sexta-feira. A contagem desse material, não envolve somente óleo, mas também areias, lonas, EPI e outros materiais utilizados para a coleta. O descarte é feito pelas Secretarias de Meio Ambiente dos Estados.

Preparação

A vinda do óleo ao Espírito Santo já era esperada. Fragmentos foram encontrados em Mucuri, na Bahia, na quarta-feira. Mucuri é o município mais próximo ao sul da Bahia e faz fronteira com o estado do Espírito Santo.
Na terça, a Marinha comunicou que havia enviado preventivamente 30 fuzileiros navais para o Norte do Espírito Santo para fiscalizar uma eventual chegada das manchas. Os militares estão baseados em Conceição da Barra e São Mateus.

No dia 23 de outubro, o governo capixaba criou uma comissão para acompanhar o risco da contaminação chegar à Região Sudeste. No dia seguinte, o governo do Rio de Janeiro publicou no Diário Oficial do estado um decreto do governador Wilson Witzel (PSC) criando um grupo de trabalho similar para inspecionar o avanço do óleo que contamina o Nordeste.

Via: oglobo

You may also like
Bolsonaro diz que o pior ainda está por vir nas praias do Nordeste
PF declara que navio grego é o principal suspeito de ter vazado o óleo nas praias do Nordeste
Whindersson Nunes reclama em redes sociais sobre óleo nas praias do Nordeste
Mutirões estão sendo organizados para fazer limpeza do óleo no litoral do Nordeste, saiba os cuidados e as recomendações