Home > Notícias > Procon revela lista de sites que devem ser evitados durante a Black Friday

Procon revela lista de sites que devem ser evitados durante a Black Friday

Faltando exatamente uma semana para a Black Friday, muitos sites já estão oferecendo diversas promoções para seus clientes, que variam desde descontos até mesmo vantagens como garantia estendida e frete grátis. Mas, como bem sabemos, essa é a data preferida para que pessoas mal-intencionados tentem aplicar golpes, já que o fluxo de procura por produtos online aumenta muito nesse período.

Por isso, o Procon gosta de lembrar a todos nesta época de sua lista de sites que devem ser evitados. Trata-se de um levantamento que é feito pelo órgão desde setembro de 2014, onde ele lista os sites que possuem reclamações registradas por consumidores, cujos donos foram notificados e escolheram não responder ou então não foram sequer encontrados.

Assim, a lista serve de alerta para que os consumidores evitem esses endereços, pois se tratam ou de estabelecimentos que não respeitam o Código de Defesa do Consumidor e podem te deixar sem qualquer tipo de apoio caso ocorra algum problema em sua compra, ou são mesmo endereços fraudulentos criados para aplicar golpes nos consumidores.

Dos 307 endereços existentes na lista, apenas 120 (cerca de 40% do total) eram lojas virtuais que ainda estavam no ar quando a reclamação foi registrada no Procon, o que é um bom indício de que mais da metade dos endereços cadastrados eram realmente de sites falsos criados para aplicar golpes durante a Black Friday, vendendo produtos inexistentes com descontos enormes e tirando o site do ar antes que qualquer reclamação pudesse ser feita.

Agora, desses 120 sites que possuem uma reclamação registrada no Procon e que ainda estavam no ar no momento do registro, apenas 7 ainda continuam operacionais durante esta Black Friday. Então, de acordo com o Procon, deve-se desconfiar que qualquer propaganda de promoção de Black Friday que você encontrar nos sites Dona Dona, CIA das Lentes, Netlens, Paradise Imports, Corpo Perfeito, Coquelux e Rei dos Anabols. Todos eles possuem reclamações de clientes registradas no Procon que foram completamente ignoradas pelos responsáveis.

Mas, mesmo que apenas sete lojas ainda estejam em operação, é recomendado deixar a lista do Procon nos favoritos e checar se o endereço que está te oferecendo aquela promoção incrível por um preço que você nunca viu não faz parte dela, pois é relativamente comum golpistas reativarem um site apenas durante o período da Black Friday no intuito de conseguir vítimas fáceis.

Fonte: Procon

You may also like
Veja o que fazer se caso for enganado na Black Friday
Black Friday: PlayStation Store com ofertas de até 80% de desconto em mais de 260 games
Hackers estão invadindo e revendendo conta de assinantes do serviço Disney +
3 mil cartões são reenviados pela Nubank para garantir proteção de clientes