Saúde Priscilla Silvestre

Quais são os mitos e as verdades sobre a Homeopatia?

Quais são os mitos e as verdades sobre a Homeopatia?

Confira os benefícios da Homeopatia e como aliá-la aos tratamentos convencionais

Muito se fala na busca por hábitos saudáveis, alimentos naturais, atividades físicas e qualidade de vida.

Porém, quando o assunto é o tratamento de doenças, as pessoas recorrem ao método convencional.

Mesmo com uma procura crescente por terapias alternativas ou terapias integrativas, inclusive com acesso gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), as dúvidas a respeito desse tema ainda são constantes.De acordo com Eliete M. M. Fagundes, coordenadora do curso tradicional de Formação em Ciência da Homeopatia do Instituto Tecnológico Hahnemann, a homeopatia trata diversas questões, contudo as pessoas ainda desconhecem que ela é preventiva.

“Ao se tratar, embora a pessoa já possua alguma doença materializada, estará prevenindo o surgimento de outras futuramente”, reforça.

A homeopata Eliete M M Fagundes

Diante de tantos questionamentos, a homeopata esclarece o que é mito ou verdade sobre a homeopatia:

Os medicamentos alopáticos podem ser suspensos e substituídos pelos medicamentos homeopáticos a fim de substituir tratamentos de doenças mais sérias como infecções ou até mesmo câncer.

MITO. O doente pode optar pelo tratamento homeopático de forma concomitante, nenhum homeopata interfere no tratamento alopático do enfermo, apenas seu especialista pode fazer isso.

Apenas médico pode ser homeopata.

 MITO. A homeopatia chegou ao Brasil em 1840 e sempre foi indicada por pessoas das mais variadas formações.

No entanto, em 1980 passou a ser mais uma especialização da Medicina, o que não caracterizou uma exclusividade.

O Ministério do Trabalho classifica homeopata sem ser médico, portanto, independentemente da área, se a pessoa possui formação adequada e registro em órgão competente, pode ser homeopata.

Atualmente, o Instituto Tecnológico Hanhnemann/Homeobrás é a instituição mais antiga a ministrar cursos de homeopatia no Brasil para pessoas das mais variadas formações.

A homeopatia pode ser usada como complementação da alopatia.

VERDADE. Como trabalham com vibrações diferentes, elas podem ser usadas de forma concomitante em todos os casos.

No entanto, nos casos em que o doente for diagnosticado que necessita de medicação continua por décadas, somente o especialista pode comprovar pelos exames específicos de que não há mais necessidade do remédio químico ou que a dosagem possa ser reduzida.

Os medicamentos homeopáticos são menos agressivos para o organismo que os tradicionais.

VERDADE. Eles não provocam doenças secundárias pelo uso prologando, como fazem os alopáticos.

Além disso, harmoniza a pessoa como um todo, no seu ambiente de trabalho, na família, e durante o tratamento a pessoa começa a tornar-se mais solidária, menos agressiva.

O tratamento homeopático pode causar prurido cutâneo.

VERDADE. De acordo com Eliete M. M. Fagundes, alguns doentes têm maior sensibilidade que outros e, nesses casos, pode surgir uma reação chamada de exoneração, em que o organismo está fazendo um movimento de limpeza interna.

Sendo assim, a pessoa deve suspender o tratamento e entrar em contato com o seu homeopata.
Serviço:

Instituto Tecnológico Hahnemann/Homeobrás – www.homeopatias.com

 

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.