Quer trabalhar no carnaval? Siga essas dicas que te ajudarão a conquistar a vaga ideal


Foi por meio de um emprego temporário que a cozinheira Danielle conseguiu se estabelecer no mercado de trabalho. O que era uma fonte de renda com prazo determinado, durante o carnaval do ano passado, se tornou um emprego fixo. A consultora de recursos humanos Ana Karla Cantarelli dá dicas de como aproveitar as oportunidades que o mercado oferece no período da folia.

De acordo com a consultora, a área de serviços, principalmente na área do ramo alimentício, como bares e restaurantes, precisa de um reforço no período momesco.

“O grande diferencial desse momento é a pessoa gostar de lidar com pessoas. Se gostar da folia, é juntar o útil ao agradável. É importante saber também que, embora seja um momento de leve, de diversão, o foco deve estar no trabalho”, comentou.

A temporada pode ser a oportunidade de quem precisa de uma renda extra ou quer entrar no mercado, podendo converter em emprego fixo o trabalho temporário. “Eu vim para ganhar experiência, mas as meninas gostaram do meu trabalho e acabei ficando”, disse Danielle sobre a oportunidade bem aproveitada em uma pousada, em Olinda.

Com a chegada do carnaval, o gerente de pousada Fábio Brito explica que é normal o aumento na movimentação de hóspedes. No total, o local tem capacidade para 45 pessoas. Essa demanda afeta diretamente a necessidade de aumentar a equipe.

“Aumentamos nosso efetivo em 30%, principalmente na área da limpeza e garçons. O perfil que procuramos é de pessoas dispostas a trabalhar”, afirmou.

Quem é mais introspectivo e não gosta do carnaval também pode conseguir uma oportunidade, disse a consultora. “Talvez seja a hora de ponderar se não deve fazer uma atividade prévia, como bijuterias, maquiagens, customização de abadás. [É preciso] estudar as possibilidades“, aconselhou.

Fonte: G1