Celebridades Cinema Destaque Wesley Nolasco

Scarlett Johansson é criticada por ser escalada para viver homem trans em filme

Scarlett Johansson é criticada por ser escalada para viver homem trans em filme

A diva Scarlett Johansson assinou contrato para interpretar uma personagem transgênero em seu próximo filme, “Rub & Tug”, e recebeu críticas nas redes sociais por conta de sua escalação para o elenco.

Segundo o The Hollywood Reporter, a atriz de 33 anos interpretará “Jean Marie Gill, uma pessoa designada como mulher no nascimento, que conseguiu sucesso no ramo de massagens e prostituição na Pittsburgh dos anos 70 e 80 assumindo a identidade de um homem, Dante ‘Tex’ Gill”. O projeto será dirigido por Rupert Sanders, com quem ela trabalhou em “A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell”, filme lançado no ano passado.

Alguns internautas criticaram os produtores do longa – e a própria atriz – por terem escolhido uma mulher cisgênera ao invés de um homem trans para interpretar o papel.

Um homem trans deveria ter sido escalado em vez de Scarlett Johansson, e não me surpreende ela ter aceitado o papel“, escreveu um usuário.

O site Bustle entrou em contato com o representante de Scarlett para um comentário e recebeu a seguinte resposta: “Diga a eles que eles podem ser direcionados aos representantes de Jeffrey Tambor, Jared Leto e Felicity Huffman para comentários“. Todos os três citados, Tambor, Leto e Huffman, interpretaram personagens transgêneros e receberam prêmios por seus trabalhos.

Sobre o autor | Website

Instagram: @wesleynolasco1

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.