Celebridades Cinema Destaque Wesley Nolasco

Terry Crews revela que foi cortado de “Os Mercenários 4” após denunciar assédio sexual

Terry Crews revela que foi cortado de “Os Mercenários 4” após denunciar assédio sexual

Durante seu depoimento no Senado dos Estados Unidos esta semana, Terry Crews revelou ter sido cortado do filme “Os Mercenários 4” depois que acusou Adam Venit de assédio. O ator é uma das três testemunhas de processo contra abuso sexual que envolve o nome do agente.

Ao ser perguntado pela Senadora Amy Klobuchar se tem um papel no filme, Terry Crews foi enfático: “Não! Simplesmente porque este mesmo produtor está sob sua própria investigação. Abusadores protegem abusadores – e isso foi algo que eu tive que decidir, onde eu tive que traçar uma linha. Eu vou ser parte disso ou vou protestar? Então, há alguns projetos que eu tive que recusar”.

Em entrevista ao Deadline, o ator confirmou que Avi Lerner, produtor da franquia “Os Mercenários”, foi quem fez as ameaças.

Assédio durante festa

No ano passado, o astro disse que Adam Venit passou a mão em suas partes íntimas durante a festa de final de ano de 2016. Porém, segundo a legislação dos EUA, o crime já havia prescrito. Então, um processo civil contra o empresário e sua agência, a WME, foi aberto.

O produtor Avi Lerner também foi acusado de assédio, só que por uma funcionária da Millennium Films. No processo consta ainda discriminação de gênero e a criação de um ambiente de trabalho hostil. Ele alegou que as acusações são mentirosas.

Sobre o autor | Website

Instagram: @wesleynolasco1

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.