Você sabe ver quando o abacate está estragado e a melhor forma para armazená-lo? Confira!




Amado por muitos, o abacate é delicioso, nutritivo e versátil. Porém, saber o momento certo para comê-lo pode ser complicado. Além dos efeitos adversos à saúde de comer alimentos que estão estragados, comer um abacate que está passado pode até ser seguro, mas é muito desagradável. Ao saber o que observar e como armazenar o abacate, você pode evitar decepções.

Método 1 de 2:
Examinando o abacate

1- Observe a casca do abacate. 

Se tiver mofo visível ou um odor rançoso, o abacate não está seguro para comer e deve ser jogado fora. Se o abacate estiver muito amassado, marcado, ou tiver áreas esmagadas, é provável que esteja estragado.

2- Verifique a cor. 

Muitos abacates têm cascas de cores diferentes. A variedade mais comum de abacate, o Hass, mudará sua cor para um verde muito escuro ou roxo quando maduro.Se um abacate Hass chegou a uma cor preta muito escura, já pode estar estragado.

  • A maioria dos outros abacates encontrados comercialmente, como Breda, Fortuna, Geada, Margarida, Ouro Verde e Quintal, mantém a cor verde mesmo quando maduros.

3- Segure o abacate em sua mão e aplique uma leve pressão. 

Tome cuidado para não machucar o abacate com a ponta dos dedos. Um abacate maduro ficará um pouco amassado com essa força. Se uma pressão como esta fizer uma fissura no abacate, é sinal de que está estragado.

4- Use a haste do abacate para verificar se está maduro.

 Algumas pessoas comentam que é possível verificar se o abacate está maduro ao empurrar ou remover sua haste. Se ela for retirada facilmente, significa que o abacate está maduro. Depois que a haste é removida, a cor do interior pode ser vista. Essa forma pode ser eficaz para examinar a maturação, mas não a cor. Para obter uma boa indicação da qualidade da polpa do abacate, é preciso ver uma área maior da superfície.

  • Se você estiver escolhendo abacates para comprar, evite manipular as frutas desta forma. A remoção da haste pode comprometer a qualidade da fruta para outros compradores em potencial.

5- Corte o abacate. 

Se você já comprou o abacate, esta é a forma mais rápida de determinar se está estragado ou não. A polpa deve ser verde clara. Se ela está preta ou marrom, o abacate não deve ser consumido. Se tiver manchas de coloração marrom em áreas pequenas e isoladas, o abacate está bom para ser consumido.

6- Experimente o abacate. 

Se você examinou minuciosamente a polpa, mas não tem certeza se o abacate está estragado, você pode prová-lo. Evitando comer as partes manchadas de marrons, experimente uma pequena quantidade da polpa verde. O abacate deve ser cremoso, suave e levemente doce. Se tiver um cheiro ruim ou desagradável, está passado.

Método 2 de 2:
Mantendo os abacates frescos

1- Evite que os abacates passem do ponto, armazenando-os da maneira certa.

Se o abacate estiver maduro o suficiente, mas não for consumido imediatamente, coloque-o na geladeira. Um abacate maduro e sem cortes pode durar aproximadamente de três a quatro dias em temperatura ambiente ou de sete a dez dias refrigerado.

2- Armazene abacates cortados para preservá-los. 

Para armazenar o abacate após cortado, cubra-o com filme plástico ou coloque-o em um recipiente hermético por até dois ou três dias. Para manter a cor verde clara pelo maior tempo possível, jogue suco de limão na polpa cortada. O leve teor ácido ajudará a diminuir a oxidação e evitará que a polpa do abacate fique marrom rapidamente.

  • Se a polpa do abacate estiver oxidada, não quer dizer que a fruta esteja inapropriada para o consumo. Pegue uma colher ou outro utensílio e raspe a superfície marrom. A polpa logo abaixo desta camada deve ser verde claro.

3- Congele o abacate para evitar desperdícios.

 Para prolongar a vida do abacate, amasse-o com suco de limão e mantenha em um recipiente fechado. Esta mistura poderá ficar armazenado por até quatro meses no freezer.

DICAS

Os abacates continuam amadurecendo após serem colhidos e podem levar até quatro a cinco dias para amadurecer quando deixados em temperatura ambiente.

AVISOS

Os abacates produzem etileno, um gás que acelera a maturação da fruta. Armazenar abacates em um espaço fechado ou com outras frutas produtoras de etileno, como bananas, pêssegos e maçãs, fará com que amadureçam mais rápido.

Fonte Notícia e Imagens: Wiki How