Home > Esportes > Vaza áudio em que Thiago Neves cobra a Zezé Perrella salário atrasado dos jogadores

Vaza áudio em que Thiago Neves cobra a Zezé Perrella salário atrasado dos jogadores

Mesmo com o momento conturbado do Cruzeiro, que perdeu de 1 a 0 para o CSA na noite de quarta-feira (28), o meia Thiago Neves, um dos mais criticados do grupo, teve um áudio vazado em que recorre a Zezé Perrella, para tentar pagar parte do salário atrasado (relacionado ao mês de setembro) aos atletas. O áudio foi encaminhado ao diretor antes do confronto contra o time alagoano pelo Brasileirão. O camisa 10 pediu a Perrella que se empenhasse para tentar pagar pelo menos 60% da dívida até a disputa no Mineirão.

Veja abaixo a fala do jogador:

“Fala Zezé, bom dia cara. Deixa eu te falar uma coisa. Eu estou pensando aqui, sei que está difícil para vocês arrumarem recursos, sei que estão correndo atrás, mas estou falando por mim, não falei com ninguém do time, tá? Vê se você não consegue pelo menos pagar esses outros 60% antes do jogo de quinta-feira. Porque aí não precisa nem ter bicho para ganhar jogo. É uma motivação a mais pra gente. Acertar o salário e aí você não precisa arrumar uma premiação para ganhar o jogo, porque é obrigação da gente ganhar esse jogo, tá louco. Se a gente não ganhar do CSA, pelo amor de Deus. Pô, faz esse esforço pra gente aí, até quinta-feira tentar acertar esses 60% que está atrasado do salário”, disse Thiago Neves.

Zezé Perrella esteve na Toca da Raposa na manhã de hoje e afirmou a veracidade do áudio. Zezé diz não considerar o áudio anormal, mas declarou não ter sido o responsável pelo vazamento.

“Houve aquela conversa, mas se ela vazou, vazou por ele. Uma conversa normal, de alguém que tinha algo a receber conversando com alguém que devia. O estranho é como vazou, mas isso é algo normal não só com o Thiago, mas com qualquer jogador. Todo mundo tem direito de cobrar. Eu não estava dando bicho para não cair. Ele ainda diz que nem falou com o grupo. Não vejo nada de anormal nisso. O que o Thiago fez de errado? Quando alguém não recebe, obviamente gera intranquilidade. Estão querendo fazer uma tempestade em cima disso. Ele vacilou, deve ter mandado para algum amigo dele porque isso jamais partiria de mim. Até porque eu acho legítimo. Nós temos hoje uma preocupação maior que isso, ninguém tem que chamar ninguém de mercenário por causa disso, não”, disse Perrella.

Ao menos desde o meio do ano, o Cruzeiro tem passado por adversidades para manter o salário em dia, sendo que já foi necessário afastar jogadores importantes para reduzir a folha ou ajudar a pagar os atrasados. No momento, os problemas permanecem e só aumentam. Hoje, a diretoria deve parte do salário de setembro, que foi mencionado por Thiago Neves no áudio. Além disso, o clube ainda precisa pagar o salário integral do mês de outubro e, nos próximos dias, vencerá também o mês de novembro.

Na tabela do Brasileirão, o Cruzeiro tem 36 pontos e não depende mais dele para ficar na Série A. Agora, seu principal adversário é o Ceará, que faz dois jogos seguidos em casa. A Raposa competira com o Vasco na próxima segunda-feira e o Grêmio na quinta, finalizando a temporada contra o Palmeiras, no Mineirão.

Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium

You may also like
Flamengo vence Palmeiras no domingo e marca mais um recorde em 2019
Flamengo calcula faturamento recorde em 2019 com pouco mais de R$ 900 milhões
Após ser campeão, Jorge Jesus diz que Gabigol precisa ter mais responsabilidade e diz o que acha do atacante
Por condenação na Itália, Robinho corre risco de prisão caso volte ao Brasil